.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Fim

. Novo Visual

. Azevedo ganham Família Su...

. Trailer exclusivo do Novo...

. Bom Ano

. Musicas da banda sonora d...

. Programação de Natal

. Filipa Azevedo - Familia ...

. Gato Fedorento aquece Nat...

. Novo Visual - Visual de N...

. Filha do Mar

. Fascínios é tributo à cul...

. Just Girls dia 26

. Fascinios chegam segunda ...

. Elas estão aí

. Wiki-Morangos

. Produtores defendem novo ...

. Just Girls - A primeira a...

. Concorrem pelas audiência...

. TVI: Centro comercial de ...

. Mega Post: Banda Sonora M...

. Imperius: Moranguitos pre...

. TV Online

. Betty Feia (2ªTemporada) ...

. RTP terá dois novos canai...

. (Médicos e policias inspi...

. Espaço Funtastic (1) - Az...

. Petiçao Rua Francisco Ada...

. Portateis TMN

. Pedido

.arquivos

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.as minhas fotos

.Links

Novidades da Tv
  • Floribella Online
  • Morangomanias
  • Cantinho da musica
  • Morangos na net
  • Diana Chaves Fan clube
  • Morangolicos
  • Blog Vota
  • Famous World
  • Magias de Harry Potter
  • 4taste4ever
  • Dicas&TV
  • Doce fugitiva TVI
  • Fica a Saber
  • Big Brother Games
  • Pirata Tuga
  • TVI-Blog
  • Ante-et-post
  • TVI & Dowland
  • Deixa-me amar Online
  • Edite
  • blogs SAPO

    .subscrever feeds

    Domingo, 25 de Novembro de 2007

    Fascínios é tributo à cultura indiana

    Rita Pereira tem o papel central no primeiro episódio de ‘Fascínios’, que estreia segunda-feira à noite, na TVI. Ela é ‘Kali’, uma bonita indiana, companheira do protagonista, ‘Óscar Ventura’ que, nas cenas dos anos 60, é interpretado por Diogo Amaral. Contudo, os contornos dramáticos da história levam a que ‘Kali’ morra no primeiro episódio, vitimada por uma mina que rebenta o carro que conduzia.

    Estreia segunda-feira na TVI a novela que substitui 'Ilha dos Amores'


    O elenco da telenovela é de peso. Além dos protagonistas Rita Pereira e Diogo Amaral, nos anos 60, e Alexandra Lencastre e João Perry, na actualidade, e dos nomes referidos em baixo, entram em ‘Fascínios’ actores conhecidos como José Fidalgo, Paula Neves, Julie Sergeant, Francisco Nicholson, Margarida Carpinteiro, Rita Salema, Helena Isabel, Júlio César, Marina Mota, Joana Seixas, José Eduardo e Lia Gama.

    Há ainda um núcleo mais jovem, onde se integra a actriz Joana Bastos, que veste a pele de Elvira (na foto maior com ‘Kali’, que tem ao colo a filha, ‘Helena’ (Eva Mercês).

    Destaca-se ainda a presença de vários actores da série ‘Férias de Verão IV’ de ‘Morangos com Açúcar’: Marcantonio Del Carlo, Pedro Górgia, Nuno Janeiro, Pedro Caeiro, Sofia Ribeiro e Vitória Guerra.

    A história de ‘Fascínios’ é da autoria da equipa da ‘Casa da Criação’ coordenada por António Barreira, que frisa à Correio TV: “A história das personagens ‘Nalini’ e ‘Raul’, que viveram na Índia, vai pôr em destaque o choque de culturas entre o Oriente e o Ocidente”.

    António Barreira revela que ‘Nalini’ é uma jovem de 21 anos “de um nível social elevado e, por isso, já um pouco ocidentalizada”. Mais arreigado às tradições indianas está o pai dela, ‘Raul’, um ‘brahmane’, homem da casta mais elevada da Índia.

    “Os ‘brahmanes’ são considerados quase como figuras sagradas, descendentes directos de Brahma (o primeiro deus da trimurti, a trindade hindu, e que simboliza a força criadora activa do Universo)”. A personagem ‘Nalini’ rejeita o casamento com um hindu, ao apaixonar-se pelo português Salvador.

    VETERANOS NA TV: ALEXANDRA É PAR DE JOÃO PERRY

    Casar com um poderoso empresário não é suficiente para a personagem interpretada por Alexandra Lencastre, a ‘Margarida’.

    Durante a história, a vilã, conluída com ‘Jaime’, tudo fará para liquidar o marido, ‘Óscar Ventura’, interpretado por João Perry. ‘Margarida’ vai apaixonar-se por Raul, sem saber que este é seu enteado.

    ALGUMAS PERSONAGENS-CHAVE DO ENREDO: ROMANCE CONTRARIADO

    O amor de ‘Nalini’ e ‘Salvador’, que crêem conhecer-se de outras vidas, encontra um adversário em ‘Raul’. O empresário vê em ‘Salvador’ um caça-fortunas.

    ROGÉRIO SAMORA: Raul Ventura (Yash). Filho de ‘Óscar’ e de ‘Kali’, é criado na Índia com o nome de Yash Rajgar.

    MARIANA MONTEIRO: Nalini (Rajgar)Ventura. Filha única de ‘Raul’. Criada para casar com um jovem hindu da sua casta.

    PEDRO GRANGER: Salvador Lopes Almeida. Conhece ‘Nalini’ na Índia e apaixona-se por ela. É um idealista puro.

    HELENA LAUREANO: Helena Ventura. Grande aliada do pai, é uma mulher sofrida nas mãos do marido, ‘Jaime’.

    FERNANDO LUÍS: Jaime Brandão. Casado com ‘Helena’, filha de ‘Óscar’. Atraiçoa a mulher e quer matar o sogro.

    VERA KOLODZIG: Renata Miranda. Filha de ‘Margarida’, de quem herdou a beleza e a frieza. É materialista.

    MARCO DELGADO: Frederico Moreira. Vaidoso e egocêntrico, é editor da revista ‘Flagrante’, que vive de escândalos.

    Fonte: C.M Online

    publicado por cuscos televisivos às 14:47

    link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
    Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

    Just Girls dia 26

    Dia 26, esta segunda feira, as Just girls lançam o seu primeiro cd.

     

    publicado por cuscos televisivos às 19:59

    link do post | comentar | favorito
    Domingo, 18 de Novembro de 2007

    Fascinios chegam segunda feira, 26 de Novembro

    A nova novela da TVI estreia desta segunda a uma semana. Não percam esta novela que promete Fascinar Portugal.Agora fiquem com as promos:

     

     

     

     

    publicado por cuscos televisivos às 20:10

    link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
    Sábado, 17 de Novembro de 2007

    Elas estão aí

     

    O video é do site http://www.morangos-com-acucar.co.nr/ e mostra um anuncio sobre as just girls que começou a ser transmitido na tv na quarta feira.Elas vao lançar o primeiro disco em breve.

    publicado por cuscos televisivos às 15:51

    link do post | comentar | favorito
    Domingo, 11 de Novembro de 2007

    Wiki-Morangos

    Visitem a Wiki-Morangos. Esta ideia inovadora pertence ao EL-Morango do forum Morangofilias e promete ser um fenomeno de popularidade para os fans dos morangos Visitem

     

    Índice do Fórum Morangofilias

     

    http://morangoscomacucar.org/wiki/

    publicado por cuscos televisivos às 15:27

    link do post | comentar | favorito
    Domingo, 4 de Novembro de 2007

    Produtores defendem novo canal generalista

    A Associação de Produtores Independentes de Televisão (APIT) diz que há espaço para um novo canal, contrariando, assim, os argumentos de Pinto Balsemão, presidente da SIC. O raciocínio da APIT, segundo a sua secretária-geral, Susana Gato Ribeiro, assenta no volume de facturação daquele canal, da RTP, da TVI e do cabo, que, tudo somado, rondou os 726 milhões de euros.

    A secretária-geral da APIT discorda do presidente da   e explicou porquê numa conferência sobre ‘O Desafio da TV Digital’


    A APIT, como explicou a sua secretária-geral, esta semana, na I Conferência ‘O Desafio da TV Digital’, promovida pelo Institute for International Research, considera possível e viável manter um canal de TV generalista rentável. “O dr. Balsemão diz que não, mas nós entendemos que sim”, afirmou aquela jurista, lembrando o volume de facturação em 2006.

    A associação considera, por outro lado, que haverá mercado para a captação de mais anunciantes. Os números, de resto, não deixam dúvidas à APIT. Até Junho, o mercado publicitário progrediu 4,1%, “tendo o investimento nos canais generalistas crescido 2,4% e nos do cabo 21%” face ao período homólogo do ano passado. E, fazendo fé nos elementos actuais, a APIT estima que, em finais de 2007, “o mercado publicitário deva atingir os 800 milhões de euros”. Os canais generalistas deverão captar entre 50 a 55% daquele montante e, ainda de acordo com a APIT, já têm os planos de publicidade “preenchidos até meados do primeiro trimestre de 2008”.

    Um novo canal trará evidentes benefícios aos produtores, como reconhece, ao CM, Susana Gato Ribeiro, lembrando que o digital para o sector não constitui novidade. No entanto, afirma, “a difusão digital terrestre implicará um maior investimento em meios técnicos” por parte dos produtores, que são cada vez menos. O aparecimento de mais um canal poderá, pois, dar algum fôlego a um sector ávido de exportar conteúdos, mas a APIT frisa que quem ganhará mais com a Televisão Digital Terrestre (TDT) será o telespectador, por passar a dispor de uma TV com muito melhor qualidade de recepção, a nível de som e imagem.

    PRODUÇÃO MUITO BAIXA

    Um novo canal poderá reabilitar a produção independente, cada vez mais debilitada, bastando, para tanto, referir que, em 2000, a APIT congregava 30 produtores e o volume de negócios ascendia a 150 milhões de euros. Hoje há 15 produtores de televisão que integram a associação e o volume de negócios baixou para menos de metade, mais exactamente 60 milhões de euros.

    O desaparecimento, em termos práticos, de muitas empresas resulta de vários factores, destacando-se o aumento substantivo da produção interna das TV portuguesas. “Produzem entre 60 e 70%”, diz-nos Susana Gato Ribeiro, que ficou ontem a saber que a TV pública brasileira – o início das emissões está previsto para 2 de Dezembro – terá 40% de produção independente, outro tanto de produção regional, sendo o remanescente, isto é, 20% dos conteúdos feitos pela própria empresa recentemente criada pelo governo de Lula da Silva.

    CONTAS PARA UM NOVO CANAL

    - 15 a 20 é a média de percentagem de share necessária para que seja rentável.

    - 30 é a média de minutos aconselhável para cada um dos vários blocos de notícias de uma grelha diversificada.

    - 75 a 100 é o número de milhões de euros que deve ser inscrito no orçamento anual.

    Fonte: C.M. Online

    publicado por cuscos televisivos às 16:38

    link do post | comentar | favorito
    Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

    Just Girls - A primeira actução

    Ontem actuaram pela primeira vez as Just Girls, a nova banda dos Morangos com Açucar, a Veruska do site TV ONLINE gravou e postou na net este video:

     

    Fonte: Veruska, TV ONLINE

    publicado por cuscos televisivos às 18:00

    link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

    Concorrem pelas audiências: TVI e SIC apostam em BB

    José Eduardo Moniz já tinha anunciado que o ‘Big Brother’ (‘BB’), concurso que deu a liderança à TVI, iria regressar. O director-geral da estação quer que o formato estreie por ocasião do 15.º aniversário da estação, que se celebra a 20 de Fevereiro. Por sua vez, a SIC tem na forja um novo reality show, em moldes muito semelhantes aos do ‘BB’, que dará pelo nome de ‘Treze’ e que deverá ir para o ar entre Fevereiro e Março.

    José Eduardo Moniz e Teresa Guilherme com  formatos idênticos

    O formato que fez furor em 2000 teve quatro edições com anónimos e duas com famosos, todas apresentadas por Teresa Guilherme. A primeira edição terminou com uma audiência média de 1,981 milhões de telespectadores, mas o concurso chegou a ser visto por 2,792 milhões.

    Sete anos volvidos, José Eduardo Moniz e Teresa Guilherme – que entretanto se mudou para a SIC, onde exerce funções de directora da Ficção Nacional – apostam em reality shows muito idênticos para ajudar a levantar as audiências das respectivas estações. Embora a TVI mantenha a liderança, a verdade é que está cada vez mais próxima das concorrentes. Por seu lado, a SIC tem perdido terreno para a RTP 1.

    ‘Treze’ terá algumas alterações em relação ao formato ‘BB’, a começar pelo número de concorrentes, 13, o número da sorte de Teresa Guilherme, que poderá, desta vez, não ser a apresentadora do programa.

    LUTA PELAS AUDIÊNCIAS

    ‘Cantando e Dançando por um Casamento de Sonho’, o concurso da TVI, tem ficado muito aquém das audiências que os anteriores reality shows deram à estação.

    No passado domingo, por exemplo, o programa conduzido por Júlia Pinheiro ficou-se pela 15.ª posição da tabela, tendo sido visto por 626 mil telespectadores. Nem a saída imprevista, anteontem, da concorrente Paula, que na gala anterior já tinha ameaçado abandonar o programa, ajudou a subir as audiências. Recorde-se que os anteriores formatos eram líderes de audiências.

    Por sua vez, na mesma noite, a gala da ‘Família Superstar, da SIC, alcançou o 11.º lugar da tabela e foi acompanhada por 711 mil espectadores.

    CURIOSIDADES

    CRIADOR

    Em 1999, John de Mol, um executivo da TV holandesa, sócio da empresa Endemol, teve a ideia de criar um reality show onde pessoas comuns seriam seleccionadas para conviver dentro de uma mesma casa, vigiadas por câmaras 24 horas por dia.

    GEORGE ORWELL

    O nome do programa foi inspirado no livro de George Orwell ‘1984’, que retratava um mundo fictício vigiado por uma figura, o ‘Big Brother’, que controlava a população através de câmaras. Em vários países o nome do formato foi traduzido, mas em Portugal e no Brasil mantém-se. Em Espanha, por exemplo, chama-se ‘Gran Hermano’.

    MAIS DE 40 PAÍSES

    Várias edições do ‘Big Brother’ foram vistas em mais de quarenta países, desde a Tanzânia ao México, passando pela Eslovénia e Índia. O formato está também presente no Second Life.

    Fonte: Correio da manha 

    publicado por cuscos televisivos às 17:10

    link do post | comentar | favorito